ATIVIDADES

Codemig assume a gestão do Parque das Águas de Caxambu

2 de outubro de 2017
dsc_5574-red

Desde o dia 1º de outubro de 2017, a Codemig assume o Parque das Águas de Caxambu. A transição teve início no sábado, 30/9, quando foram entregues as chaves do Parque à Codemig. Na segunda-feira, 2/10, a equipe designada pela Codemig esteve reunida no balneário do Parque com representantes da Prefeitura e da Câmara Municipal de Caxambu, para tratar do levantamento dos ativos do espaço.

Em clima de parceria entre as partes, os vereadores em sua maioria, assim como o prefeito, desejaram boas-vindas à empresa e manifestaram seu apoio e a confiança de que a Codemig pode e vai fazer o melhor pelo Parque. “O Parque não merece estar como está. Caxambu vive através do Parque”, afirmou o vereador Jean Carlos. “Confio muito em vocês. A palavra empenhada é muito importante. Meu voto de confiança é na competência da Codemig em fazer o que vocês estão dizendo”, declarou a vereadora Jenny Aragão.

A conferência do patrimônio será realizada, por meio de vistoria, pela Codemig juntamente com a equipe da Prefeitura nos próximos dias.

O que permanece e o que muda

O acesso dos turistas, bem como da comunidade, será mantido da forma como é hoje, com o horário de funcionamento de 7h às 18h e valores de R$5,00 para os visitantes e R$2,50 para os moradores. Em relação à passagem para o bairro Bosque, a Codemig verificará a situação, considerando que a possível existência de portaria não oficial implicaria falta de segurança aos usuários do Parque e Balneário.

Após a vistoria realizada, a Codemig irá realizar obras, priorizando a recuperação dos ativos. Isso se dará por meio de manutenção das grades, passeios, revitalização da comunicação visual do espaço, além de melhorias em calhas, telhado, equipamentos (duchas, banheiras, sauna) e instalações (rede de água quente, louças, metais, bomba, dranagem), além de limpeza geral e revitalização de pisos e paredes, por exemplo.

Esclarecimento 10/10/2017

O Parque das Águas de Caxambu está, desde o dia 1º de outubro, sob administração da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerias (Codemig) e não será privatizado. A primeira ação da Codemig será providenciar a recuperação do parque e do balneário, visto que o balneário está inativo há alguns meses em face da ausência da manutenção da caldeira.

Em relação à exploração das águas, atualmente, a Codeáguas (subsidiária da Codemig) é a empresa responsável por este serviço. A Codemig realizou consulta pública na busca por parceiros para as águas com objetivo de viabilizar os negócios e potencializar seu dinamismo, além de ampliar o público-alvo das águas minerais e valorizar a eficiência na prestação dos serviços à população. Desde que reassumiu a unidade de negócios de águas minerais, a Codemig tem mantido a atividade produtiva e conservado os ativos em patamares adequados de operação, apesar dos contínuos prejuízos registrados. Para que as marcas da Codemig sejam competitivas no mercado, é imprescindível que haja ampla distribuição e efetiva penetração em grandes redes. Sendo uma empresa pública, seus processos de compra e venda são regidos pela Lei de Licitações, o que restringe sua operação ao reduzir significativamente a competitividade e a agilidade necessárias ao atendimento de seus clientes. A Codemig ressalta que está trabalhando para manter viável o negócio de águas minerais, buscando um parceiro dotado de aptidão na atividade. Nesse sentido, a Codemig propõe um modelo de negócio tipo sociedade em conta de participação (SCP – Água Mineral) na busca de um parceiro para celebrar uma sociedade em que a Companhia será sócia participante, com um quantitativo de ações inferior a 50%. Mais detalhes sobre esse modelo podem ser vistos no contrato disponível no link da consulta pública:  http://www.codemge.com.br/licitacoes/CODEMIG/47-17/ dentro de “Minuta edital e anexos”.