ATIVIDADES

Nota – Cidade Administrativa

31 de março de 2017

A Codemig informa que foi apenas procurada por investidores estrangeiros interessados na utilização da Cidade Administrativa do Estado de Minas Gerais e ressalta que não propôs o uso do espaço para outras finalidades. A Empresa pontua que o complexo de prédios foi transferido para o Estado, responsável por administrar seu ativo imobilizado. O Governo de Minas Gerais confirma o intuito de que a Cidade Administrativa integre um fundo imobiliário capaz de permitir a utilização lucrativa para o Estado, mantendo sob seu controle a propriedade dos imóveis, evitando o risco de privatização e garantindo rendimentos que possam trazer recursos para os cofres estaduais.