ATIVIDADES

Governo de Minas Gerais e Codemig dialogam com empresários e Prefeitura sobre a revitalização do distrito industrial de Betim

25 de abril de 2017

Plano de ação específico para Betim já foi entregue; próximo passo é definir prioridades

Representantes da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) reuniram-se este mês com empresários, gestores públicos e o prefeito de Betim, Vittorio Medioli. O objetivo do encontro foi tratar da revitalização do distrito industrial Paulo Camilo, dentro do contexto do Programa de Revitalização e Modernização de Distritos Industriais. Iniciativa inédita e estratégica do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Codemig, o programa foi lançado em 2015, em parceria com a Fiemg e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG).

O Plano de Ação específico para o município de Betim já foi entregue, e o próximo passo é definir, junto aos dirigentes, quais são as prioridades dentre as ações ali elencadas. “O Estado está assumindo o papel de indutor do processo e fará um investimento importante. Mas é fundamental a atuação conjunta dos empresários e da Prefeitura, criando um ambiente de cooperação”, frisou a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Machado. A reunião ocorreu no dia 18/4.

Revitalização e Modernização de Distritos Industriais

O programa tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento industrial em Minas Gerais, tornando o Estado cada vez mais atrativo e dotado de melhores condições de competitividade para a indústria. Após estudo detalhado das demandas e potencialidades dos 53 distritos industriais da Codemig, 13 deles foram selecionados como prioritários para receber as ações do programa: Belo Horizonte – Distrito do Jatobá, Betim, Contagem, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Ituiutaba, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberaba e Uberlândia. A partir de demanda colocada pelos próprios empresários, os DIs de Araxá e de Araguari também foram incorporados à iniciativa, totalizando 15 municípios.

A revitalização leva em conta cinco eixos prioritários: estabelecimento de governanças locais, energia, telecomunicações, meio-ambiente e segurança. Além disso, considera diversos aspectos estratégicos, como recursos humanos, inovação tecnológica, imagem e mercado.

Outras informações sobre o Programa de Revitalização e Modernização de Distritos Industriais estão disponíveis no portal www.distritosindustriaismg.com.br e no site da Codemig.